Empoderamento feminino Notícia

Maria João Antunes, consultora de recursos humanos, ‘coach’ e mentora em liderança feminina, acaba de publicar livro «Empoderamento Feminino em Ação» (ed. Qualitymark). A propósito deste projeto, assinala que o que mais quer é «ajudar as mulheres a alcançarem a liderança nas empresas, a terem as mesmas oportunidades que os homens». A sinopse do livro é um testemunho de Maria João Antunes, que deixamos a seguir: «O propósito deste livro é elevar as competências das mulheres e fazê-las subir na cadeia hierárquica e, se quiserem, lutar por uma posição de topo melhor ainda, pois o país e o mundo precisam e muito./ Procuro dar às mulheres ferramentas para que sem ‘medos’ possam trilhar o seu caminho de sucesso./ Este livro espelha a minha vivência ao longo de 35 anos de vida intensa de trabalho nas organizações. Espero que seja útil a quem o posso ler. No final, foram mais de 25 anos em posições de gestão e de topo, quer em grupos portugueses, quer em multinacionais./ O livro apresenta duas grandes partes. A primeira fala-nos de histórias. A minha história e de como eu cheguei ao topo de uma organização, mas também a história, breves notas, sobre a evolução da luta das mulheres ao longo dos séculos. Apresenta ainda uma leve abordagem científica acerca das diferenças cerebrais entre sexos./ A segunda parte é dedicada às minhas sugestões, notas e recomendações, de como as mulheres podem alcançar o topo./ Ao longo do livro foram introduzidos cerca de 30 testemunhos, muito inspiradores, de homens e de mulheres que partilham a sua vivência profissional e de como alcançaram o sucesso./ Entre os testemunhos, achei importante existir uma visão de alguns profissionais da lusofonia, oriundos de Angola, Moçambique, Cabo Verde e Brasil./ Embora a falta de equidade de género no mercado de trabalho tenha vindo cada vez mais a estar na agenda do dia, a verdade é que apesar dos avanços ainda há um teto pelo qual as mulheres têm dificuldade em passar, como se de uma barreira se tratasse. A esta barreira deu-se o nome de ‘glass ceiling’ – teto de vidro. A capa do livro foi inspirada nesta metáfora./ Procurei escrever um livro de fácil leitura para que seja consumido com entusiasmo até ao seu final. Espero com ele ajudar as mulheres que almejam uma carreira de topo.»

29.02.24  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

pub3