Angola aposta na produção nacional Notícia

Nos primeiros sete meses do ano, ou seja, de janeiro a julho, realizaram-se em Angola 37 das chamadas feiras de produção nacional. O resultado foi a assinatura de 47 contratos de compra futura entre produtores e operadores de comércio e distribuição, conhecidos como OCD. Tudo isto representa um montante superior a 600 milhões de kwanzas, valor cujo maior contribuidor é a província de Luanda, com cerca de 144 milhões. A promoção destas feiras tem facilitado o processo de cadastramento dos produtores (por exemplo, só na passada semana o Portal de Produção Nacional registou 273 novos membros). O portal já ultrapassou os 14.000 produtores registados, quando a meta para este ano era 10.000. De assinalar que o Banco de Desenvolvimento de Angola disponibiliza uma linha de crédito de 26,4 mil milhões de kwanzas para financiar a compra dos operadores de comércio e distribuição aos produtos de produção nacional e ainda uma linha de crédito de sensivelmente metade desse valor destinada a financiar as compras das cooperativas de produtores familiares e dos empresários agropecuários de pequena e média dimensão.

05.08.21

 

 

 

 

 

 

 

pub3