Recrutar pessoas com deficiência Notícia

A Nestlé Portugal realizou em meados de novembro, mais precisamente a 16, «Dia Mundial da Tolerância», um ‘webinar’ sobre o tema «Inclusão de Pessoas com Deficiência no Trabalho», que contou com a presença de Ana Sofia Antunes, secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência. Neste evento, a Nestlé, que já emprega 20 pessoas com grau de incapacidade igual ou superior a 60%, reafirmou o seu compromisso de continuar a promover e intensificar as oportunidades de recrutamento de pessoas com deficiência.
Neste sentido, a Nestlé tem desenvolvido várias ações de modo a acelerar o processo de recrutamento de pessoas com diversos graus de incapacidade. A nível externo, a empresa mantém um contacto regular com várias associações que apoiam pessoas com deficiência, por forma a compreender as necessidades destes colaboradores e quais as adaptações necessárias a fazer nos seus postos de trabalho. A Nestlé está também presente nas diversas feiras de recrutamento que abordam especificamente as questões sobre o recrutamento de pessoas com deficiência e já estabeleceu parcerias com associações que apoiam estas pessoas, criando um processo para partilha de oportunidades de recrutamento com estas associações.
A nível interno, a Nestlé promove com regularidade sessões com as equipas de liderança da empresa com o objetivo de criar consciência sobre a inclusão, realizando também formações relativas a preconceitos inconscientes.
«A Nestlé ao assumir este compromisso de promoção da inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho procura criar um impacto positivo na vida destes profissionais, potenciando a sua autonomia, a independência e a autodeterminação, e fomentar uma sociedade cada vez mais justa, reconhecendo a importância desta inclusão para a criação de equipas diversas e inclusivas, capazes de conhecer e respeitar a dificuldade do outro e simultaneamente comprometidas em eliminar os preconceitos», referiu a diretora de recursos humanos da empresa em Portugal, Maria do Rosário Vilhena
Por seu turno, Ana Sofia Antunes salientou «a importância de eventos como estes, dentro da empresa, como forma de trazer para o conhecimento e o debate entre todos a questão da importância de termos uma sociedade cada vez mais inclusiva».
04.12.20

pub3