«Prémio Ser Humano Oswaldo Checchia» Notícia

Está lançada a edição de 2019 do «Prémio Ser Humano Oswaldo Checchia», instituído pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-Brasil) em 1993. A iniciativa tem vindo a consolidar-se como instrumento de valorização das melhores iniciativas dedicadas ao desenvolvimento das pessoas dentro e fora das organizações, assim como de estímulos ao pensamento criativo e identificação de novos talentos.
O nome do prémio faz uma homenagem a Oswaldo Checchia (na foto), um dos fundadores da ABRH-Brasil e grande articulador para o reconhecimento da área de recursos humanos como estratégica nas organizações. Presidente da ABRH-Brasil na década de 1970, por duas gestões consecutivas, Oswaldo Checchia faleceu em 1997, aos 77 anos. Membro-fundador da associação e da ABRH-SP (a seccional de São Paulo), participou, na sua gestão, na criação do «Programa de Alimentação do Trabalhador, PAT», ao lado do então ministro do Trabalho, Arnaldo Prieto. Também presidiu a Federacion Interamericana de Asociaciones de Gestion Humana (FIDAGH) e foi vice-presidente da World Federation of People Management Associations (WFPMA). A sua carreira profissional, de 60 anos, inclui a gestão de recursos humanos em empresas como o Grupo Industrial Santista, a Telefunken do Brasil e a Rhodia, tendo recebido várias distinções, entre elas o «Georges Petipas Memorial Award», concedido pela WPFMA, e o «Prémio Oscar Alvear», da FIDAGH.
Mais informações aqui.
05.09.19

pub3