Asseco Academy certifica especialistas Notícia

A Asseco Academy entrega este mês os primeiros certificados aos formandos que concluírem o seu curso na área das tecnologias de informação (TI) aplicadas à banca. No total, são 18 novos especialistas, aptos a ingressarem agora no mercado de trabalho com conhecimentos aprofundados nas várias vertentes do negócio bancário.
Os novos formandos, todos recém-licenciados recrutados nas principais universidades moçambicanas, concluíram com êxito um exigente programa de capacitação. Composto por oito módulos, o programa teve a duração de 240 horas, ministradas ao longo de oito semanas, em horário laboral.
A academia de formação idealizada pela empresa tecnológica Asseco PST foi criada em Maputo no início deste ano. O objectivo é contribuir para o desenvolvimento do capital humano, em especial nas áreas ligadas à capacitação de especialistas em TI no sector bancário.
Financiado integralmente pela Asseco PST, o curso que agora chega ao fim não teve quaisquer custos para os formandos. Além das salas totalmente equipadas com moderna tecnologia, a empresa assegurou os formadores responsáveis pelos vários conteúdos temáticos.
Daniel Araújo, ‘chief executive officer’ (CEO) da Asseco PST, assinalou: «A Asseco Academy é o nosso veículo por excelência para ajudar a potenciar mais e melhores profissionais na área financeira, criando simultaneamente um programa de certificação profissional que seja reconhecido pelo mercado.»
Dos mais de 60 bancos que compõem a carteira de clientes da empresa nos vários países onde está presente, oito têm a sua actividade baseada em Moçambique. Um número que faz da Asseco PST um parceiro de referência no processo de bancarização e modernização do sistema financeiro do país.
Os currículos dos 18 novos jovens especialistas formados na academia serão agora distribuídos pela banca, após a apresentação dos respectivos trabalhos finais, num evento que foi aberto aos clientes da Asseco PST em Moçambique. Em perspectiva está a sua rápida integração no mercado de trabalho, com competências acrescidas, tendo em conta que «a certificação da Asseco Academy habilita os novos profissionais a prestar um serviço diferenciado e de excelência na banca», explicou Célia Catarino, responsável de recursos humanos e ‘corporate governance’ da empresa.   
O modelo de academia criado em Moçambique replica a estrutura lançada em Angola, em 2018, onde a Asseco Academy já promoveu três cursos e tem em preparação o quarto. O número de candidatos tem vindo a aumentar de edição para edição, sendo a escolha dos formandos efectuada após um rigoroso processo de selecção.
O segundo curso da Asseco Academy em Maputo deverá arrancar no último trimestre deste ano. A empresa que está na sua génese, a Asseco PST, é hoje uma referência em sistemas de informação. Além da actividade em Moçambique, tem presença em sete mercados, designadamente os de Angola, Portugal, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Malta e Namíbia.
27.06.19

pub3