Processamento salarial da Jumia Notícia

A Seresco Portugal, empresa especialista em processamento salarial, anunciou a celebração de um contrato de ‘outsourcing’ salarial com o centro de desenvolvimento tecnológico de ‘shopping on-line’ da Jumia, Porto Tech Center, criado em Portugal em 2012, que conta actualmente com uma equipa de mais de 250 colaboradores.
Os objectivos desta parceria passam por um lado por libertar os elementos afectos ao processamento salarial para outras tarefas mais prementes no seu dia-a-dia, e mais intrinsecamente ligados a gestão e recursos humanos de toda a equipa, e por outro lado por conseguir um processo mais célere, responsável e profissional, realizado por uma empresa com ‘know-how’ na matéria.
Pedro Fialho, ‘head of human resources’ na Jumia Porto Tech Center, afirmou: «Num mercado tão competitivo como aquele em que a Jumia opera, é crucial direccionarmos os nossos esforços para o acompanhamento próximo aos colaboradores e para a criação e a condução de actividades que lhes permitam desenvolver as suas competências e potenciar o seu envolvimento com a empresa. Podermos contar com um parceiro como a Seresco para nos apoiar numa actividade tão crítica como o ‘payroll’ permite-nos libertar a equipa para investir ainda mais nesta missão de desenvolvimento dos nossos colaboradores, o que se alinha com a nossa estratégia empresarial e de recursos humanos.»
Antes de contar com o apoio da Seresco, o processamento salarial desta empresa era realizado ‘in-house’. Contudo, existiam alguns problemas de gestão de tempo, muito consumido pelo tema de ‘payroll’, que não permitiam à equipa dedicar-se ao que de facto é mais central na área de recursos humanos – desvincular o trabalho mais rotineiro, mas moroso, para melhor responder às necessidades de toda a equipa.
A Seresco presta desde Outubro de 2019 uma consultoria em permanência com apoio directo de profissionais seus, especializados em processamentos salariais. O processamento salarial e a gestão dos recursos humanos fornecidos pela Seresco são geridos através de um software próprio, denominado Milena, robusto e potente, adaptável às diferentes realidades organizacionais. Esta ferramenta consiste num sistema modular que permite um desdobramento progressivo em função das necessidades da organização, sendo uma solução fiável, dotada de diversos níveis de segurança de forma a preservar a integridade dos dados e um registo e modificações que integra a realização de auditorias de segurança.
Rita Mourinha, responsável da Seresco em Portugal, realçou: «É com grande prazer que assumimos esta parceria com a Jumia, uma empresa de referência no continente africano. Estamos certos de que o compromisso assumido revelará mais-valias a nível de tempo e de gestão, de investimento de recursos e em pessoal. Acreditamos que podemos ser uma real vantagem competitiva para a Jumia em Portugal e suporte aos vários níveis de temas salariais.»

As duas empresas
A Jumia é a principal plataforma de comércio electrónico pan-africana, presente em 14 países de África. A sua missão é melhorar a qualidade da vida quotidiana em África, alavancando a tecnologia para oferecer serviços ‘on-line’ inovadores, convenientes e acessíveis aos consumidores, ajudando as empresas a crescer à medida que usam a plataforma para alcançar e atender melhor os consumidores.
A Seresco é um fornecedor global de soluções no âmbito das tecnologias da informação (TI), que conta com 50 anos de experiência, tanto em consultadoria como em desenvolvimento e integração de soluções, ‘outsourcing’ tecnológico e gestão de infra-estruturas. A vocação para o serviço, o compromisso com os resultados e os prazos são os seus principais valores corporativos. Presente na Península Ibérica, com centro de serviços próprios em Madrid, Barcelona, Astúrias, Galiza e Lisboa, tem sucursais no Equador e na Costa Rica e uma carteira de clientes composta por organizações de todos os sectores, tais como diversos organismos e administrações públicas. Em Portugal, a Seresco inclui a oferta de todo um portfólio de serviços e soluções para a administração de salários e de recursos humanos, prestando serviços no âmbito da externalização e da gestão económica.
06.12.19

pub3