Assinalar o «Dia da Secretária» Notícia

No âmbito do «Dia da Secretária», que foi assinalado no passado dia nove, a Michael Page, empresa com posição de destaque em recrutamento e selecção a nível especializado, apresentou um documento em que faz um balanço do recrutamento para a área de Secretariado & Administração em Portugal.
A área de Secretariado & Administração gerou 5,5% da facturação global da Michael Page e registou um crescimento de 60% dos processos de recrutamento, face ao ano transacto.
Ana Castro Dias, consultora sénior da empresa em Secretarial & Management Support, refere: O secretariado, especialmente o executivo, tem mostrado uma grande evolução nos últimos anos, como forma de se adaptar às constantes mutações de um mercado impulsionado por tendências como a era digital e a expansão de áreas de negócio como os centros de serviços partilhados.»
Em 2016, a área de centros de serviços partilhados foi claramente uma das que mais recrutou profissionais de Secretariado & Administração, sendo responsável por 45% dos processos de recrutamento conduzidos pela Michael Page Secretarial & management Support. A área marca assim um impressionante crescimento de 25% face ao ano transacto. As sociedades de advogados continuam a ser uma área de peso no recrutamento destes profissionais, apesar de terem absorvido apenas 20% dos processos de recrutamento, menos 15% do que em 2015. As novas tecnologias e a indústria farmacêutica ocupam um importante terceiro lugar, com 17% dos processos.
A procura por estes profissionais por parte das áreas de centros de serviços partilhados, sociedades de advogados, novas tecnologias e indústria farmacêutica é, segundo a especialista da Michael Page, uma tendência a manter-se em 2017.
Ana Castro Dias adianta ainda: «A procura de perfis de Secretariado & Administração está a ser especialmente motivada pelo papel cada vez mais relevante assumido por estes profissionais nas empresas, reforçado por novas competências e pela atribuição de novas funções para fazer face a necessidades mais recentes do mundo empresarial.»
Ao longo de 2016, as empresas procuraram principalmente perfis de secretariado de direção, objectivo de 40% das contratações, recepcionista, com 35% do total de contratações, e ‘office manager’, a representar 15%. Registou-se ainda a procura por perfis de assessoria especializada, com competências muito específicas, por parte de empresas em áreas de negócio como novas tecnologias e indústria farmacêutica (representaram 10% dos processos de recrutamento).
A procura de perfis diferiu consideravelmente de 2015 para 2016. No ano passado, os perfis mais procurados foram assistente executiva (responsável por 60% dos processos de recrutamento), secretária de administração (25%) e secretária legal (15%).
Em 2016, a média salarial na área de Secretariado & Administração variou entre o tecto mínimo de 11.200 euros/ ano e o tecto máximo de 25.900 euros/ ano.
As empresas mostraram preferência por profissionais com experiência prévia em ambiente multinacional, variável presente em 40% dos processos de recrutamento. O domínio de pelo menos uma língua estrangeira continua a ser outro dos requisitos exigidos a estes profissionais, tal como a formação superior (exigida em 90% dos processos).
20.02.17






<< Retroceder

pub3