Trabalho ilegal Notícia

Uma situação de vício de atestados de trabalho, ligada ao sistema de quotas que a «Lei do Trabalho» de Moçambique prevê, acaba de ser descoberta no país pela Inspeção-geral do Trabalho, do MITESS – Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social. O objectivo dos prevaricadores era introduzir cidadãos estrangeiros, sem nacionalidade moçambicana no mercado de trabalho em Moçambique.
A maioria dos trabalhadores em situação ilegal são de três nacionalidades: portuguesa, nigeriana e paquistanesa.


05.07.16






<< Retroceder

pub3