Negócio de petróleo em São Tomé Notícia

Foi assinado pelo governo de São Tomé e Príncipe e pela Equatorial Exploration um contrato de 2,287 milhões de euros, tendo em vista a pesquisa e a exploração de petróleo por esta empresa no chamado «Bloco 12». À Agência Nacional do Petróleo caberá 12,5% da receita da exploração, num contrato que tem a validade de 28 anos (oito dedicados à pesquisa e os restantes à produção).
29.02.16

<< Retroceder

pub3